Relações Humanas

8 coisas que você NÃO deve fazer durante uma discussão para preservar seu relacionamento

2021-08-20

8 coisas que você NÃO deve fazer durante uma discussão para preservar seu relacionamento

Se relacionar é uma arte e embora o conflito muitas vezes seja inevitável, eles não são necessariamente ruins. As diferenças podem, inclusive, fortalecer um relacionamento – se as pessoas envolvidas estiverem dispostas a resolvê-las com compassividade. E neste sentido, uma das chaves para resolver os problemas e preservar uma relação não diz respeito apenas às ações que você realiza no calor do momento, mas também naquelas que você não realiza. Por isso, listamos 8 coisas que você não deve fazer durante uma discussão para preservar o seu relacionamento.

coisas para nao fazer em uma discussao
Foto: Adi Goldstein / Unsplash

A primeira coisa que você precisa compreender é que, durante um conflito acalorado, você entra em um estado de luta ou fuga, uma vez que quando sentimos que estamos sendo atacados, nosso instinto é ficar na defensiva, contra-atacar e intensificar a discussão. As pessoas se enganam quando pensam que uma discussão precisa necessariamente ser violenta, é perfeitamente possível resolver qualquer conflito que seja através de algumas atitudes que você conhecerá agora:

1. Interromper o outro

Se você já foi interrompido, sabe o quanto isso pode ser perturbador. Ao fazer isso, damos a impressão que  dispensamos a importância do argumento da outra pessoa, o que pode deixar a conversa ainda mais difícil.

2. Criar um monólogo sem fim

Muita gente senta para conversar, achando que apenas mostrar o seu lado irá resolver a situação. Esses monólogos sem fim não abrem espaço para colaboração, compromisso e crescimento, e podem facilmente invalidar os sentimentos de seu parceiro ou negar suas necessidades. Uma conversa que tem o objetivo de resolver qualquer problema que seja, exige duas pessoas dispostas a escutar uma a outra.

3. Fazer acusações

Ao acusar o próximo, você estará inegavelmente entrando em uma zona de julgamento – e qualquer um que se sente julgado, já não estará tão aberto a uma conversa sincera. Mesmo quando bem-intencionadas, declarações do tipo “você fez isso” costumam ser acusatórias, em vez disso, prefira dizer: “eu me sinto assim”. Essa é uma forma de garantir que seus sentimentos sejam traduzidos de forma autêntica e ajudar a tirar os holofotes dos erros da outra pessoa.

4. Desviar o olhar do outro

Não se esqueça que parte importante de uma conversa é a linguagem corporal – ela não mente nunca. Se durante uma conversa você se vira, fica tenso, desvia os olhos e cruza os braços, está enviando um sinal de que não se importa com o assunto. Por outro lado, encarar a pessoa que está falando, balançar a cabeça e manter o contato visual demonstra que você está presente e pronto para ouvir.

5. Envolver outras pessoas na discussão

Não exponha seu relacionamento, especialmente os problemas que você tem dentro dele. Não há nada pior do que dizer que outra pessoa concorda com o seu ponto durante uma discussão, por exemplo. Isso pode fazer seu parceiro se sentir extremamente julgado e sozinho – sem mencionar que cria o potencial para um conflito secundário desnecessário.

6. Pedir desculpas da boca para fora

Nada mais prejudicial a um relacionamento do que pedir desculpas da boca para fora, somente para acabar com a discussão o mais rápido possível. Ao fazer isso sem sinceridade, você estará criando uma bola de neve, e, mais cedo ou mais tarde, o assunto virá novamente à tona. É importante tentar reconhecer como seus comportamentos magoaram ou poderiam ter magoado alguém, é isso que devemos fazer em uma relação madura.

7. Ir embora sem resolver

Pior do que pedir desculpas sem sinceridade, é ir embora e deixar o outro falando sozinho. Pense comigo: como você se sentiria se alguém fizesse isso com você? Sentimentos negativos só pioram se não forem resolvidos, e ir embora no calor do momento pode ser percebido como uma decisão de desistir de seu parceiro ou de suas emoções. Algumas pessoas preferem se acalmar e não há problema em explicar isso ao seu parceiro antes de sair, mas deixe claro que essa decisão está sendo tomada pelo bem do relacionamento e não porque você desistiu dele.

8. Ameaçar terminar o relacionamento

Quanta segurança você passa ao seu parceiro, se a cada problema ou discussão, surge a ameaça de separação? Não importa o que aconteça. Afirmações como “Eu quero o divórcio” ou “Eu quero terminar” alimentam a defensiva, ansiedade e incerteza e caem em uma categoria de coisas que são realmente difíceis de voltar atrás. Acredite: se você fizer isso, seu parceiro nunca mais se sentirá seguro em uma relação com você e nada pode ser mais prejudicial a um relacionamento.

 

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.