Felicidade

Abraçar sua sensibilidade pode curar seu corpo e sua vida

2021-09-01

Abraçar sua sensibilidade pode curar seu corpo e sua vida

A sociedade de hoje possui tantos estímulos e está tão interessada na produtividade a qualquer custo, que muita gente acaba abdicando de sua sensibilidade sem se dar conta de que é essa sua verdadeira fortaleza. Pode até parecer irônico, mas enquanto as pessoas associarem sensibilidade com fraqueza, elas continuarão a se distanciar de sua essência e a perder o controle de suas próprias vidas. Ao contrário, quando abraçamos a sensibilidade e estamos dispostos a olhar para dentro, o equilíbrio se restabelece, à medida que conforme muitas sombras vêm à tona, nós conseguimos curar nosso corpo, mente e espírito.

sensibilidade curar vida 1
Foto: Marcos Paulo Prado / Unsplash

Quando ignoramos nossas emoções, carregamos muitas crenças e traumas e deixamos nosso sistema nervoso à flor da pele, comprometemos nosso sistema imunológico, o corpo começa a inflamar, ficamos suscetíveis à alergias, isso sem contar no estresse, doenças cardíacas, ansiedade e distúrbios do sono. Lembre-se de que qualquer manifestação física não acontece à toa, é apenas o seu corpo sinalizando que algo está em desequilíbrio.

sensibilidade curar vida 2
Foto: Isabela Drasovean / Unsplash

Quando não metabolizamos as emoções, elas se transformam em medo, angústia e até mesmo problemas de autoestima. Você pode até pensar que olhar para dentro e entrar em contato com suas emoções, te deixará mais vulnerável. No entanto, essa é a única maneira de curar o que precisa ser curado e dar espaço para o novo entrar.

sensibilidade curar vida 3
Foto: Ksenia Makagonova / Unsplash

Olhe para dentro, aprenda a amar e a aceitar quem você realmente é e, principalmente, abrace sua sensibilidade e ressignifique tudo o que você já pensou sobre isso. Esqueça a ideia de que pessoas sensíveis são fracas, é justamente essa capacidade de ler nas entrelinhas, que permite com que elas sejam tão empáticas, justas e prontas a dar o melhor de si para transformar o mundo!

 

 

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.