Autoconhecimento

Aceite-se: 10 maneiras de abraçar quem você é e ser mais feliz

2021-09-17

Aceite-se: 10 maneiras de abraçar quem você é e ser mais feliz

Ninguém é perfeito, portanto, aceitar que nós também nunca alcançaremos tal perfeição é a melhor maneira de viver em paz e tirar esse peso das costas. Eu sei, você passou por momentos difíceis, precisou recalcular a rota e chegou a desistir de seus sonhos, mas nada disso é motivo para você não sentir orgulho de quem é e honrar tudo o que viveu até aqui. Fala-se tanto sobre aceitar as pessoas como elas são, mas normalmente nos referimos ao outro. E nós? Como ficamos? Por isso preparei um guia de 10 maneiras de abraçar quem você é e ser mais feliz.

autoaceitacao
Foto: Ava Sol / Unsplash

1. Compreenda que você estará eternamente em construção

Ser iniciante é desconfortável, mas todos nós temos que começar de algum lugar. Você nunca encontrará o final do caminho, com uma placa dizendo que o jogo acabou e agora você precisa recomeçar. Ao contrário, você precisa compreender que o ser humano está em construção permanente. Ao invés de se frustrar na eterna busca pela perfeição, comece com o que você tem disponível hoje e vá se lapidando durante a jornada.

2. Esqueça aquilo que você não pode controlar

Se tem algo que você não pode controlar, é como os outros te enxergarão – e acredite em mim: isso não é problema seu! Você só pode ser responsável por suas próprias ações e intenções, então concentre mais tempo e energia em viver de uma forma que reflita seus valores pessoais, em vez de tentar controlar as percepções dos outros em relação a você.

3. Faça mais coisas que te dão medo

Quando o medo te impede de fazer algo que você gostaria de fazer, você se enxerga como um covarde e aos poucos vai construindo uma imagem negativa de você mesmo. Coragem não é a ausência do medo, mas enfrentá-lo e seguir em frente mesmo assim. Não tem problema sentir aquele frio na barriga antes de fazer algo pela primeira vez, isso significa que você se importa.

4. Não dê asas ao seu crítico interno

Todos nós temos um crítico interno pronto a nos fazer desistir na primeira dificuldade. Se coloque no lugar de observador e perceba o que você anda dizendo sobre você mesmo. E se algumas das coisas terríveis que você sempre acreditou não fossem realmente verdadeiras? Sua vida poderia ser diferente se você falasse consigo mesmo encorajando em vez de criticando?

5. Não ignore suas opiniões

Você pode considerar as opiniões de outras pessoas sem negar as suas. Discordar não significa que existe alguém errado, mas simplesmente que as pessoas pensam diferente. Pare para se perguntar o que você pensa, se tal coisa te faz feliz, essa é uma maneira de reforçar sua confiança, valor e escolher uma vida que é certa para você.

6. Abrace suas emoções

Muitas vezes achamos que certas emoções são proibidas, que é feio sentir raiva ou mágoa em relação a alguém. Mas a verdade é que suprimir os sentimentos não vai apagá-los, ao contrário: eles vão se juntando, se juntando, até que surgem de maneiras inesperadas. Não é uma questão de ser bom ou ruim, mas se um sentimento surge na superfície, é porque ele precisa ser tratado e transformado.

7. Abra espaço para a diversão e alegria

Você se sente culpado quando dedica tempo a qualquer coisa divertida, achando que não merece aquilo? Saiba que a vida não é apenas trabalho árduo e sacrifício, fazer mais coisas que você gosta e que fazem feliz, também é uma maneira de exercer o autocuidado.

8. Mostre-se vulnerável

Muita gente tem medo de ser rejeitado e acabar sozinho, se as pessoas conhecerem sua verdadeira essência. Mas, na verdade, é quando você se dispõe a compartilhar suas partes vulneráveis com outra pessoa, que você se lembra de que não está sozinho. Todos nós temos lutas. Ter relações inteiras e transparentes é parte fundamental de ser quem a gente é, e isso é impossível quando insistimos em usar máscaras.

9. Pergunte aos outros como eles te enxergam

Nós temos a tendência de presumir o que os outros pensam de nós, fazendo suposições – que na maioria das vezes são negativas. Ao invés de gastar energia com isso, por que você não pergunta para as pessoas mais próximas e com quem você tem mais confiança, como elas te enxergam? Você ficará surpreso em saber que o seu maior crítico é você mesmo!

10. Pratique a gratidão

Diversos estudos nas áreas de desenvolvimento pessoal e couching mostraram que existe uma característica comum entre aquelas pessoas infelizes e inaptas a atingirem o sucesso: elas são incapazes de sentir gratidão e empatia. Saiba agradecer pelo que você tem, por tudo o que você viveu até aqui e, sobretudo, por quem você é!

 

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.