Sustentabilidade

Ambientalistas retiram mais de 4 toneladas de lixo das ilhas Galápagos

2021-04-07

author:

Ambientalistas retiram mais de 4 toneladas de lixo das ilhas Galápagos

Considerada o maior laboratório vivo de biologia do mundo, as ilhas Galápagos também estão sofrendo estragos causados pelo homem, mas, ainda bem que existem aqueles que se dedicam a mudar esta realidade. Recentemente, um grupo de 18 pessoas, incluindo guardas-florestais, voluntários, pescadores e ambientalistas da organização Conservation International, fez um mutirão de limpeza na região e conseguiu retirar  4,6 toneladas de resíduos da terra e do mar.

lixo-galapagos 1

De acordo com o ministro do meio ambiente do Equador, Marcelo Mata Guerrero, a primeira coleta foi realizada em fevereiro, quando foram retiradas 2,5 toneladas de lixo. Já no mês de março, o grupo conseguiu retirar mais 2,1 toneladas do arquipélago. Segundo ele, a ação favoreceu principalmente as ilhas mais distantes, como a Genovesa, Pinta e Santiago.

lixo-galapagos 2

O mutirão fez parte do Programa de Limpeza Costeira e Gestão de Lixo Marinho, mantido pela direção do Parque Nacional de Galápagos do Ministério do Meio Ambiente e Águas. A ideia é realizar limpezas contínuas e retirar todo o lixo que se acumula em ilhas mais distantes, levados pela correnteza do mar.

A equipe primeiro conseguiu mapear 12 pontos onde o lixo fica acumulado ao ser levado pela corrente do mar, e em seguida conseguiu retirar o lixo. O mais impressionante é que as 2,1 toneladas recolhidas no mês de março estavam em apenas 22 quilômetros de costa. Todo o material será reciclado. Por mais ações como esta! Se você quiser conhecer os efeitos nefastos da pesca industrial nos oceanos, e consequentemente, em todo o ecossistema, assista o documentário ‘Seaspiracy’ do cineasta britânico Ali Tabrizi, já disponível na Netflix.