Saúde

Casos de demência diminuíram 13% nos EUA e Europa nos últimos 30 anos; entenda o porquê

2021-07-15

Casos de demência diminuíram 13% nos EUA e Europa nos últimos 30 anos; entenda o porquê

Pesquisadores da Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard descobriram que a incidência de casos de demência diminuiu 13% na Europa e Estados Unidos nos últimos 30 anos. De acordo com esta tendência, os cientistas estimaram que 15 milhões de pessoas a menos podem desenvolver a doença até 2040 em países de desenvolvidos.

casos de demencia 1
Foto: Steven HWG / Unsplash

“À medida que as populações dos EUA e da Europa envelhecem e a expectativa de vida aumenta, a prevalência da demência e da doença de Alzheimer aumentou dramaticamente, devido ao maior número de pessoas nas idades de maior risco”, explicou Lori Chibnik, professora e principal autora do estudo.

casos de demencia 2
Foto: Danie Franco / Unsplash

No entanto, segundo ela a incidência ou taxa de novos casos vem diminuído. Segundo o estudo, cerca de 47 milhões de pessoas vivem com demência e o número de pessoas que vivem com a doença deve triplicar nos próximos 30 anos.

casos de demencia 3
Foto: Jeremy Wong / Unsplash

No estudo atual, Chibnik e os co-autores acompanharam mais de 49.000 pessoas durante 27 anos e o resultado surpreendeu: tanto em homens quanto em mulheres, a incidência diminuiu, embora os homens tenham apresentado uma redução maior (24%) do que as mulheres (8%).

Entenda porque houve a diminuição

Chibnik afirma que o declínio sugere que os esforços preventivos envolvendo educação sobre estilo de vida e intervenções de saúde, como controle da pressão arterial e medicação antitrombótica podem explicar a diminuição dos casos de demência.

Com as pessoas cada vez mais atentas à alimentação e em busca por um estilo de vida mais consciente, e com todos os avanços na medicina, as pessoas não somente estão vivendo mais, como melhor.

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.