Ciência

Cientista usa máquina de algodão doce para produzir filtros respiratórios mais baratos

2020-12-08

author:

Cientista usa máquina de algodão doce para produzir filtros respiratórios mais baratos

Em tempos de pandemia, os hospitais estão atingindo sua lotação máxima e os profissionais de saúde precisam lidar com a falta de equipamentos. Para lutar contra isto, o físico e cientista Mahesh Bandi, aluno de pós-graduação do Instituto de Ciência e Tecnologia de Okinawa, no Japão, criou uma maneira inédita de produzir filtros respiratórios mais baratos e acessíveis. Seu processo é mais rápido e barato do que qualquer outro processo industrial utilizado atualmente e é feito através de uma máquina de algodão doce.

filtro respirador maquina de algodao doce 1

Seus filtros estão sendo produzidos sob medida para as máscaras N95, consideradas as mais eficazes. Sustentável, sua técnica consiste em utilizar pedaços de plástico comum de objetos como garrafas de água e sacolas de compras, aquecendo-os a uma temperatura alta e girando-os em uma máquina de algodão doce até que eles formem uma malha. Além de oferecer filtros mais acessíveis, salvando vidas, ele encontrou um novo destino para o plástico.

N95 mascara

Segundo ele, o filtro criado consegue filtrar 95% das partículas, sendo tão eficaz quanto os tradicionais. Através de análises microscópicas e comparações com máscaras N95 certificadas, ele conseguiu demostrar que seus filtros é capaz de impedir que partículas estranhas, incluindo o vírus SARS-CoV-2, sejam inaladas pelas pessoas.

filtro respirador maquina de algodao doce 3

Com o design criado em uma impressora 3D, o próximo passo é encontrar parcerias para que o produto possa ser produzido em massa. Viva a criatividade!

 

Fotos: reprodução

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube