Sustentabilidade

Cientistas desenvolvem pasta de hidrogênio que promete revolucionar a indústria de transporte

2021-02-18

author:

Cientistas desenvolvem pasta de hidrogênio que promete revolucionar a indústria de transporte

À medida que os impactos das mudanças climáticas ficam cada vez mais claros, abandonar os combustíveis fósseis e buscar alternativas mais sustentáveis a ele é uma questão urgente. E já existem diversas pesquisas nesta seara, como a encabeçada por uma equipe do Instituto Fraunhofer para Tecnologia de Fabricação e Materiais Avançados IFAM na Alemanha, que desenvolveu uma pasta de hidrogênio capaz de revolucionar a indústria de transporte.

pasta de hidrogenio 1

Apelidada de powerpaste, ela possui a mesma eficácia da gasolina, mas não polui o meio ambiente. Esta, no entanto, não foi a primeira vez que a comunidade científica havia criado um combustível com estas características, mas o preço era inviável para o consumidor final. A powerpaste resolve esta questão, já que é criado a partir de magnésio e armazenada no veículo em forma de cartucho. Tudo o que os motoristas precisam fazer para reabastecer é trocar o cartucho antigo por um novo e encher um tanque com água.

pasta de hidrogenio 2

Segundo Marcus Vogt, um dos autores do projeto, “a powerpaste armazena hidrogênio em uma forma química em temperatura ambiente e pressão atmosférica para ser liberado sob demanda”. De acordo com o cientista, a pasta tem uma enorme densidade de armazenamento de energia, tendo 10 vezes mais a densidade de armazenamento de energia do que as baterias tradicionais.

pasta de hidrogenio 3

 A indústria de hidrogênio irá crescer significativamente nos próximos anos. Para a equipe, a pasta é uma opção viável para carros ou em células de combustível portáteis em viagens de acampamento. Elas podem ser usadas em bicicletas, drones, automóveis e outros meios de transporte. não é de hoje que a Alemanha começou a fazer investimentos maciços nos combustíveis limpos. Em 2016, o país investiu US $ 265 milhões em carros a hidrogênio. Este é apenas o início da revolução!

 
Fotos 1 e 2: Fraunhofer IFAM
Foto 3: ZeroAvia

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube