Autoconhecimento

Conheça os 7 principais chakras e a influência deles em sua vida

2021-08-16

Conheça os 7 principais chakras e a influência deles em sua vida

Apesar de representarem um elemento-chave no yoga e nos ensinamentos ayurvédicos e hindus, todo mundo possui os mesmos chakras, que são centros de energia em nossos corpos. Eles estão conectados aos nossos principais órgãos, glândulas e nervos e estão profundamente relacionados à saúde física, mas também emocional – o que significa que somos muito mais influenciados do que imaginamos pelos chakras. Uma vez equilibrados, sentimos todo o potencial desses centros de energia se expandindo para a nossa vida, no entanto, quando em desequilíbrio, o oposto acontece. Por isso preparamos um guia essencial dos 7 principais chakras.

guia 7 chakras
Foto: Giulia Bertelli / Unsplash

Especialistas atestam que, na verdade, temos 114 chakras diferentes, espalhados por todo nosso corpo, mas são os 7 principais que a literatura e as terapias holísticas se concentram e é sobre eles que iremos falar hoje.

1. Chakra raiz ou Muladhara

Localizado na base da coluna, este chakra é responsável pelas sensações de estabilidade e segurança. É nele que ficam todas as energias inferiores e densas (ódio, inveja, olho gordo, magias) que são mandadas para nós ou que adquirimos em lugares e com a convivência com pessoas de comportamentos negativos. Quando em desequilíbrio, sentimos pouca resistência física, insegurança, falta de força de vontade e até a sensação de não pertencimento.

2. Chakra sacro ou Svadhisthana

Localizado logo abaixo do umbigo, o chakra sacro está conectado à criatividade, fertilidade, emoções e energia sexual. Em desarmonia, ele traz disfunções sexuais, problemas de pele, hemorróidas, problemas renais, falta de autoestima, problemas com o feminino e poder pessoal baixo.

3. Chakra plexo solar ou Manipura

Localizado acima do umbigo, na região da barriga, o chakra do plexo solar está relacionado à confiança e à autoestima. Ele representa o nosso centro de força e criatividade, e é por isso que quando passamos por uma emoção forte, sentimos a reação neste ponto, ativando as células glandulares no estômago, fígado, rins e pâncreas. Em desarmonia, ele pode causar problemas digestivos, bulimia, diabetes e até mesmo artrite.

4. Chakra cardíaco ou Anahata

Localizado no peito, na região do coração, esse chakra fala sobre dar e receber amor e compaixão. A tarefa deste centro de energia é unir os três chakras inferiores – físicos e emocionais, aos três chakras superiores – mentais e espirituais. Quando em equilíbrio, você se torna um canal do amor universal, mas em desarmonia nos sentimos afetados pelos fatos e vitimizados por eles, tristes, deprimidos e com sentimento de rejeição.

5. Chakra laríngeo ou Vishuddha

Localizado na base da garganta, esse é o chakra do entusiasmo e está relacionado à comunicação, expressão e à habilidade de falar sua verdade interior. Ligado à glândula tiroide, ele afeta o poder da fala e quando em desequilíbrio gera sentimentos de culpa, medos inconscientes, manipulação, timidez e crenças de inferioridade.

6. Chakra frontal ou Ajna

Conhecido como chakra do terceiro olho, ele está localizado entre os olhos e gerencia a intuição, o instinto e a imaginação. É o maior centro de comando do sistema nervoso central, mas quando em desarmonia pode nos trazer problemas, como medo de ser julgado, rigidez, pensamentos negativos e destrutivos, problemas de visão, dores de cabeça, falta de concentração e confusão mental.

7. Chacra coronário ou Sahasrara

Localizado no topo da cabeça, esse chakra faz a conexão espiritual com você mesmo, com os outros e com o universo. Os problemas emocionais mais comuns na disfunção deste centro energético é a incapacidade de acreditar na vida, apegos, ausência de fé, falta de inspiração, problema nos ossos, nos músculos e no sistema nervoso.

 

Como equilibrar os chakras

Há várias maneiras de equilibrar estes centros de energia, com algumas posturas do yoga, exercícios de respiração, autoconhecimento e meditação. Lembre-se que os chakras são espelhos do funcionamento de nossos corpos físico, mental e espiritual e que a mais importante ferramenta de harmonização é buscar, todos os dias, o silêncio interno, que organizara-los naturalmente. Nada mais nocivo ao equilíbrio dos chakras do que o estresse e a vida apressada e alienada que levamos. Ouça seu corpo e utilize essa ferramenta ao seu favor!

 

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.