Tecnologia

Empresa produz tiny homes de baixa renda a partir dos resíduos do café

2021-02-19

author:

Empresa produz tiny homes de baixa renda a partir dos resíduos do café

Líder mundial na produção de café, a Colômbia está aproveitando resíduos do grão para produzir casas de baixa renda, uma vez que o país possui um sério problema de carência habitacional. Por apenas US $ 4.500, cerca de 24 mil reais, a startup Woodpecker está transformando resíduos do café em materiais de construção resistentes, leves e versáteis e resolvendo duas questões ao mesmo tempo: a falta de moradia e a reciclagem do lixo.

casas residuos cafe colombia 1

A empresa já tentava há alguns anos encontrar um material orgânico resistente o suficiente para dar origem às casas, e acabou escolhendo o café devido à resistência ao fogo e insetos e à capacidade de impermeabilização. Antes, a startup havia realizado testes com a fibra de arroz, as folhas de palmeira, serragem e até plástico reciclado.

casas residuos cafe colombia 2

“Vimos que havia uma enorme necessidade de um sistema de construção leve para moradias e salas de aula em locais rurais e isolados onde os sistemas de construção tradicionais não podem ser usados ​​- como tijolos, cimento e concreto”, explicou o CEO Alejandro Franco. Segundo ele, os kits de casa pré-fabricados são transportados em pequenos barcos, helicópteros ou mesmo no dorso de um burro já que costumam ser leves. Cada kit possui armações de aço leves que, assim como o LEGO, podem se encaixar com o uso mínimo de ferramentas, e placas de casca de café que podem ser fixadas nas armações de aço sem a necessidade de pregos e parafusos.

casas residuos cafe colombia 3

Há dez anos no mercado com o objetivo e fazer a diferença na vida da comunidade, quando o furacão Iota atingiu a ilha colombiana de Providence em novembro, destruindo mais de mil casas, a empresa doou duas casas completas que ao exército do país. Por mais empresas assim!

casas residuos cafe colombia 4 casas residuos cafe colombia 5

 

Foto: divulgação

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.