Saúde

Entenda como uma rotina saudável influencia no bem-estar do paciente crônico

2021-06-01

author:

Entenda como uma rotina saudável influencia no bem-estar do paciente crônico

A influência da rotina saudável no paciente crônico é muito ampla, sendo assim, além da alimentação saudável, existem terapias que amenizam os sintomas de doenças que não têm cura, mas podem ser contornadas de maneira eficiente. Importante ressaltar que, muitas vezes, as patologias são complexas e, se não tiverem a atenção devida, acabam se tornando graves e provocam problemas sérios na vida de uma pessoa. Antes de tudo, vale ressaltar que estudos médicos tratam as doenças crônicas como enfermidades que podem ser contornadas com medicamentos de uso contínuo. Entre as mais conhecidas, é possível destacar:

  • Osteoporose;
  • Diabetes;
  • Hipertensão;
  • Asma.

Com o acompanhamento de especialistas da área de medicina e uso de medicamentos especializados, é possível que a doença seja menos agressiva. Porém, além disso, uma rotina saudável também ajuda no processo.

vida saudavel paciente cronico
Foto: Bruno Nascimento / Unsplash

Osteoporose pode ser falta de cálcio

O consumo de alimentos que possuem cálcio fortalece toda a estrutura óssea do ser humano. Inclusive, para as mulheres que passam dos 45 anos, a osteoporose pode ser um problema caso haja uma redução no consumo desse nutriente. Então, se a pessoa não procurar um tratamento adequado, a osteoporose em estágio avançado pode causar sérios problemas que causam dor nos ossos, deformidades e até mesmo redução da estatura. Dessa forma, é preciso inserir uma dieta rica em cálcio, que pode ser encontrada em carne de aves, ovos, leite e queijo. Além disso, o tratamento pode incluir medicamentos próprios para essa doença crônica, cirurgias que corrigem a perda de massa óssea e terapias intensivas. Ademais, quando uma pessoa possui um plano odontologico, por exemplo, a situação acaba sendo vista mais rápido, pois o dentista pode observar se há alguma irregularidade quanto à saúde bucal, tanto na característica dos dentes quanto na própria estrutura maxilar.

Açúcar é proibido para diabéticos

O pâncreas é um órgão interno do corpo humano responsável pela produção de insulina, que controla a quantidade de açúcar na corrente sanguínea. Quando ele apresenta insuficiência e não absorve de maneira correta, ocorre a diabetes. Inclusive, para as pessoas que possuem convenio odontologico e passam regularmente na cadeira de dentista, sabem os males que o açúcar pode causar para os dentes. As cáries são os principais pontos negativos, porém isso pode ir bem mais além. O corpo de uma pessoa diabética pode sofrer diversos males e, por isso, é necessário implementar uma alimentação saudável para que essa doença crônica não se manifeste. Assim, evitar o excesso de açúcar é primordial, começando com o corte de doces e refrigerantes de todo e qualquer cardápio. Dessa maneira, com o uso de medicamentos adequados, inserção de frutas, legumes e verduras apropriadas para uma dieta livre de açúcar, a pessoa com diabetes pode ter um controle adequado. Ademais, a medicina moderna possui aparelhos que permitem controlar o nível da glicose no sangue, medindo em momentos específicos, principalmente, para garantir que não haja oscilações comprometedoras à saúde.

Além do açúcar, cuidado com o sal!

O açúcar não é o único tempero que deve ser controlado de forma correta ao longo da vida. O sal é outro vilão que, se utilizado de maneira inadequada, pode provocar a hipertensão, que acarreta em problemas no coração e no cérebro. Alguns profissionais autônomos passam grande parte do tempo fora de casa, o que acaba resultando em uma alimentação desbalanceada, ou seja, rica de alimentos que não são tão amigos do corpo humano. Então, praticar atividades físicas, como caminhada ou corrida leve para queimar calorias, pode influenciar de maneira positiva na saúde, evitando doenças cardiovasculares e outras consequências recorrentes por causa da hipertensão, como infarto e derrame. Ademais, esse profissional pode apostar também em um plano odontologico para MEI e em um convênio completo, visando garantir a saúde como um todo.

Poluição urbana provoca falta de ar

Os centros urbanos industrializados contam com fábricas e alta taxa de concentração de partículas poluentes por causa do número de veículos que rodam em uma mesma região. Com isso, problemas respiratórios como a asma e a bronquite são agravados. Nesse caso, o ideal é que a pessoa tenha contato com a natureza, seja na própria residência, ou em parques e praças públicas, em que a arborização seja abundante. Importante lembrar que a tosse recorrente pode afetar a saúde bucal, o que exige o acesso a um plano dental coletivo empresarial ou mesmo individual. Ademais, a secura na garganta pode prejudicar ainda mais as vias respiratórias, então, manter os dentes saudáveis é uma forma de saber que está tudo bem.

Conclusão

Vale reforçar que há outros males que podem ser controlados, desde que o diagnóstico seja realizado em fase inicial, como sinusite, colesterol alto e obesidade. Basta manter uma rotina regulamentada, com um acompanhamento médico profissional, assim como outros especialistas, como dentistas que atendem um plano odonto empresarial ou particular.

 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental e um de nossos parceiros.