Criatividade

Festival de cinema procura pessoa para passar 1 semana sozinha em ilha remota assistindo filmes

2021-01-08

author:

Festival de cinema procura pessoa para passar 1 semana sozinha em ilha remota assistindo filmes

Quem nunca passou um final de semana inteiro maratonando uma série na Netflix? A prática, apesar de cada vez mais comum, costuma deixar as pessoas com o certo sentimento de culpa por passar tantas horas em frente à televisão. Entretanto, e se eu te dissesse que você pode fazer isso e ainda ganhar um salário? É exatamente isso que o Festival de Cinema de Gotemburgo está propondo. A organização do festival acaba de anunciar que está à procura de alguém que passe uma semana sozinho em uma ilha remota, assistindo filmes que estão participando do festival.

festival cinema ilha isolada 1

O felizardo ganhará uma semana de estadia no histórico Pater Noster Lighthhouse, localizado na ilha de Hamneskär, na costa oeste da Suécia. Durante este período, o cinéfilo terá hospedagem e alimentação grátis, juntamente com acesso ilimitado à lista de filmes do festival deste ano. “Eles estão totalmente isolados. Eles não estão autorizados a trazer ninguém, é claro, mas também nenhum telefone e nem mesmo um livro”, explicou o diretor artístico Jonas Holmberg. Porém, convenhamos: com esta paisagem e uma lista de 60 filmes para assistir, quem precisa de mais alguma coisa?

festival cinema ilha isolada 2

Inspirado na própria pandemia, o diretor disse que o experimento é uma espécie de estudo que busca compreender como o distanciamento social transformou a experiência de assistir filmes. Com os cinemas fechados, hoje as pessoas assistem filmes e séries em suas próprias casas.

festival cinema ilha isolada 4

De acordo com o site do festival, o Göteborg Film Festival 2021 será tudo, menos convencional. Sem multidões, festas, e nem cinemas esgotados, o foco do festival neste ano, é explorar o que o filme significa para nós quando estamos isolados de tudo. Está interessado? Os requisitos para concorrer são óbvios: a pessoa deve ser um verdadeiro fã de cinema, tolerar bem a solidão e documentar a experiência com um diário em vídeo. “A pessoa precisa falar sobre como é a vida na ilha e como essas condições especiais afetaram a relação com os filmes que viram”, explica. Holmberg. A experiência acontece entre 30 de janeiro a 6 de fevereiro e as inscrições ainda estão abertas aqui.

 
Foto 1: divulgação
Fotos: 2 e 3: Unsplash

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.