Empatia

Indiano tira U$75 mil da conta e cria distribuidor automático para doar comida aos necessitados

2021-01-06

author:

Indiano tira U$75 mil da conta e cria distribuidor automático para doar comida aos necessitados

Ramu Dosapatié um alto executivo indiano que trabalha no setor de recursos humanos de uma empresa conhecida em Hyderabad, na Índia. Apesar de ter sido sempre uma pessoa altruísta, foi durante a pandemia do coronavírus, que ele se deu conta de que precisava arregaçar as mangas para salvar os mais necessitados. Foi quando ele decidiu sacar U$75 mil de sua conta (cerca de 390 mil reais), para criar uma espécie de distribuidor automático. Desta maneira, as pessoas mais vulneráveis podem passar lá, escolher os alimentos e sair sem precisar pagar por nada.

Apelidado de “Rice ATM” (caixa eletrônico de arroz), o empresário e alguns voluntários distribuem arroz e outras necessidades 24 horas por dia, sete dias por semana para aqueles em necessidade. Sua ajuda veio em boa hora, já que na Índia, assim como em boa parte do mundo, muita gente ficou sem emprego e, em alguns casos, sem ter o que comer.

indiano caixa automatico alimentos 1

Tudo começou quando o indiano foi à uma loja comprar os ingredientes para o jantar de aniversário de seu filho. Enquanto estava na fila do caixa, ele notou uma mulher comprando uma quantidade enorme de frango – quase $ 2.500 dólares. Intrigado, ele decidiu perguntar o motivo dela comprar tanto, e ela explicou que trabalhava em um acampamento para trabalhadores imigrantes, e estava comprando como um presente especial para os residentes que estavam sem comida devido aos bloqueios da pandemia.

“Quando perguntei a ela sobre seu salário, ela disse que era de $$ 6.000. Isso me fez pensar que, se uma senhora com um salário de $ 6.000 pode gastar $ 2.000 com os necessitados, por que não posso fazer o mesmo?”, explicou. Em seguida, Dosapati acompanhou-a até o acampamento, onde fez uma lista das cerca de 200 pessoas que precisavam de assistência. Foi quando ele se deu conta de que precisaria de muito mais dinheiro.

indiano caixa automatico alimentos 2

Com a venda de um terreno, que seria para mudar para uma casa maior, ele investiu em toneladas de alimentos. Criada em abril de 2020, o distribuidor automático funciona até hoje e já salvou a vida de milhares de indianos e imigrantes em condições de vulnerabilidade. Exemplo de solidariedade, Dosapatié desistiu de um sonho para ajudar outras pessoas e acaba de nos ensinar o verdadeiro significado da palavra empatia. Por mais pessoas como ele!

 

 

Fotos: Ramu Dosapati

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube