Sustentabilidade

Na Alemanha, antigas bases militares estão se transformando em santuários da vida selvagem

2020-01-30

author:

Na Alemanha, antigas bases militares estão se transformando em santuários da vida selvagem

Através de uma iniciativa incrível, o governo alemão anunciou recentemente que irá transformar 62 bases militares em desuso em reservas naturais de animais como águias, pica-paus, morcegos e besouros, além de pássaros raros. Desta maneira, o país irá reciclar espaços que já foram símbolos de guerra e violência, em santuários da vida selvagem.

cinturão verde europeu 1

O anúncio foi feito pela Ministra do Meio Ambiente – Barbara Hendricks, que afirmou ser uma oportunidade histórica: “Muitas áreas que antes eram zonas proibidas não são mais necessárias para fins militares. Temos a sorte de poder agora devolver esses lugares à natureza.

cinturão verde europeu 3

As bases militares foram construídas durante a Guerra Fria, em uma área que ficou conhecida como ‘Cortina de Ferro’, por dividir a Europa em dois lados. Neste período, imensas fortificações foram construídas, perturbando a natureza e tirando o habitat natural de espécies inteiras. Hoje felizmente estas bases já não são mais usadas e darão origem ao projeto ‘Cinturão Verde Europeu’, que dará oportunidade para a natureza se renovar e para os países envolvidos escreverem uma nova história.

cinturão verde europeu 2

Em relatório divulgado em 2019 pela ONU – Organização das Nações Unidas, mais de 1 milhão de espécies de animais foram consideradas em risco de extinção. O desenvolvimento desenfreado da economia, somado às graves consequências do aquecimento global estão matando milhares de animais, que não têm mais onde viver e como sobreviver. Ações como esta nos dão esperança de que, transformação é a chave para que possamos reverter esta situação. Assista o vídeo abaixo para conhecer melhor o projeto:

 

 

Fotos: divulgação

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.