Cura pela natureza

Neurocientista lista os 4 melhores chás para estimular a saúde do cérebro

2021-06-28

Neurocientista lista os 4 melhores chás para estimular a saúde do cérebro

Depois da água, o chá é a bebida mais consumida no mundo. Relacionado com a saúde e a longevidade, não é à toa que os japoneses – que possuem a mais elevada taxa de longevidade do planeta, são grandes consumidores da bebida. As ervas usadas na preparação do chá oferecem uma série de benefícios, basta saber usá-las e é por isso que a neurocientista, fitoterapeuta e acupunturista Julia Jones listou os 4 melhores chás para estimular a saúde do cérebro.

cha saude cerebro
Foto: Matthew Henry / Unsplash

1. Matcha

O matcha nada mais é do que o broto do chá verde, usado pelas civilizações orientais há séculos. Tanto o chá verde quanto o matcha ajudam no metabolismo do corpo e na saúde do cérebro, uma vez que são ricos em antioxidantes. “O chá verde contém polifenóis e antioxidantes poderosos que apoiam a função cognitiva. Especificamente, o chá verde contém catequina, que é um tipo de polifenol e antioxidante conectado à saúde do cérebro”, explica a neurocientista.

2. Chá Preto

A especialista aponta que a combinação ente cafeína e teína, ambos estimulantes cerebrais, não é encontrada apenas no chá verde, mas também no chá preto, considerado uma outra fonte rica em antioxidantes.

3. Juba de Leão

Os cogumelos juba de leão costumam ser usados tanto na culinária quanto na medicina em países asiáticos como China, Índia, Japão e Coréia. Apesar de poder ser consumido cru, cozido ou seco, nos últimos anos foi o chá que ganhou fama. Segundo Jones, nos últimos anos diversos estudos comprovaram as propriedades neuroterapêuticas e protetoras do chá: “Um estudo recente mostrou que o chá de juba de leão suprimiu a inflamação e a toxicidade nos neurônios na principal região de formação de memória do cérebro. Ele parece ter o potencial de aumentar a memória e melhorar a função cerebral, por isso agora está sendo usado na prevenção da demência”, afirma.

4. Alecrim + Sálvia + Erva Cidreira

“Estudos mostram que o alecrim contém ácido carnósico – um tipo de polifenol que suporta a função cerebral, especialmente a memória de longo prazo com efeitos promissores contra a doença de Alzheimer e a doença de Parkinson”, explica a especialista. Além disso, a sálvia é ótima para funções cognitivas e neurológicas e erva-cidreira uma grande aliada do funcionamento cognitivo.

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.