Felicidade

O que realmente importa: as 4 coisas mais importantes da vida

2021-09-10

O que realmente importa: as 4 coisas mais importantes da vida

Vivemos em um mundo com tantas possibilidades, que o risco de perder o foco e se encontrar completamente perdido no meio delas é grande. Acontece que a vida passa rápido demais, e o segredo da felicidade está justamente em se concentrar no que realmente importa – e essas jamais poderão ser encontradas no banco, nos bens materiais ou em sites de compras online.

melhores coisas da vida
Foto: Ravi Roshan / Unsplash

Comece a se questionar sobre as coisas que mais importam para você, aquelas inegociáveis. Repare se você não está gastando muita energia na acumulação de bens materiais e se distanciando cada vez mais das 4 coisas mais importantes da vida. Porque no fim, são essas que fazem nosso coração bater mais forte, nos impulsionam a ser uma pessoa melhor e geram um arrependimento profundo, caso tiverem sido negligenciadas.

1. Propósito

Engana-se quem pensa que propósito diz respeito apenas ao trabalho. Ele está em tudo, é o propósito que impulsiona nossas ações, paixões e dá às nossas vidas um foco mais nítido. Propósito significa não viver a vida de maneira alienada, mas sim intencional, é graças a ele que continuamos quando a vida fica difícil.

Se você tem dificuldade de encontrar o seu, responda essas perguntas: Onde quero chegar?; O que me faz feliz?; Qual é a minha razão de acordar todos os dias? e O que eu quero mais na minha vida?.

2. Tempo

Você já se deu conta de que todos nós temos o mesmo número de horas em nossos dias? A pergunta é: por que alguns de nós corremos tanto e estamos constantemente estressados, reclamando que “não temos tempo”, enquanto outros conseguem encarar a vida em um estado relaxado e feliz?

O tempo é um recurso finito: uma vez gasto, ele se foi. Não podemos voltar atrás, mas podemos ser seletivos e intencionais com o tempo que temos. Por que passar a vida desejando sempre mais e mais, se você não se permite ter um tempo para desfrutar dessas coisas? Reveja suas tarefas, identifique seus ladrões de tempo e dedique mais tempo à pessoa mais importante de sua vida: você.

3. Saúde

Muitos de nós temos a pretensão de achar que estaremos sempre com a saúde garantida, até que algo aconteça. Negligenciamos os exercícios e nos assustamos com a dificuldade em subir um lance de escadas. Negligenciamos a alimentação e reclamamos quando olhamos para a balança, o mesmo acontece com a saúde mental, uma vez que vivemos estressados.

Precisamos ser mais gentis conosco, não esperar que algo acontece para começar a cuidar da saúde. De que adianta um carro novo na garagem e a sonhada casa na praia, se sem saúde não chegamos a lugar algum?

4. Relacionamentos

O ser humano não é um animal solitário, não é à toa que idosos que vivem sozinhos, acabam vivendo muito menos do que aqueles que possuem família e uma rede de apoio. Nossos relacionamentos são nosso alicerce. Precisamos nutri-los com o amor e a atenção que realmente merecem, pois eles estão diretamente relacionados com nosso próprio bem-estar.

A obsessão por estar sempre produzindo mais, faz com que muita gente prefira ficar sozinha, como se um relacionamento pudesse impedir seu próprio sucesso e reconhecimento profissional. É através dos relacionamentos que nós amadurecemos, deixamos de ser tão egoístas e vivemos as melhores experiências da vida.

 

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.