Animais

Quarentena: mulheres se auto isolam em santuário para cuidar de animais

2020-04-07

author:

Quarentena: mulheres se auto isolam em santuário para cuidar de animais

Enquanto um terço do mundo está praticando o isolamento social no conforto de suas casas, um inspirador grupo de treinadoras de animais no Reino Unido se mudou temporariamente para seu local de trabalho. O parque foi fechado no dia 21 de março devido à pandemia do coronavírus, mas quatro funcionárias se ofereceram para permanecer vivendo no santuário por 12 semanas, a fim de continuar cuidando dos animais residentes.

santuário funcionárias quarentena 1

O Paradise Park fica na Cornualha e possui inúmeros animais selvagens que precisam de cuidados constantes. Atualmente, a instituição abriga cerca de 1.200 pássaros e mamíferos, de um bando de flamingos a ​​pandas vermelhos. No momento, as 4 mulheres estão compartilhando responsabilidades, como: alimentação, limpeza, administração de medicamentos e manutenção.

santuário funcionárias quarentena 2

Uma destas mulheres é Izzy Wheatley, que encontrou no santuário a melhor maneira de respeitar a quarentena: “Eu estava pensando em como lidar com o distanciamento social, pois tenho uma família grande, incluindo um membro mais velho. Ao mesmo tempo, os diretores decidiram liberar a casa que fica no local e que ficou livre com o fechamento do santuário. Eu e outros três guardiões Sarah-Jane Jelbart, Layla Richardson e Emily Foden então decidimos nos mudar”.

santuário funcionárias quarentena 3

Felizmente, eles também contam com a ajuda de outros guardiões que vão em diferentes horários do dia, para ajudá-las com tarefas mais pesadas e levar mantimentos, sempre respeitando as regras de distanciamento social, é claro.

Além dos cuidados com os animais residentes, elas também continuam treinando as águias, abutres, falcões, araras e outras espécies que participam das grandes exibições de voo livre durante o verão. Já que o Paradise Park permanecerá fechado por tempo indeterminado, elas também uma campanha de financiamento coletivo no GoFundMe, com a esperança de cobrir alimentos e outras despesas vitais para a sobrevivência destes animais. Um lindo exemplo de propósito e de amor à profissão!

 

Fotos: divulgação

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.