Saúde

Vá a pé: estudo mostra que andar aumenta expectativa de vida e reduz incidência de inúmeras doenças

2021-01-21

author:

Vá a pé: estudo mostra que andar aumenta expectativa de vida e reduz incidência de inúmeras doenças

Quantas vezes você pega o carro sem de fato precisar dele? Caminhar pode nos ajudar a acalmar a mente, porém, de acordo com um estudo, o simples ato de substituir o automóvel pelas pernas e ter o hábito de andar a pé, aumenta nossa expectativa de vida e reduz a incidência de inúmeras doenças. Segundo a pesquisa, o ideal é que estas caminhadas sejam feitas logo após as refeições à medida que pode melhorar todos os tipos de distúrbios metabólicos crônicos nas pessoas.

vantagens de andar a pe 1

Publicado na revista científica Jama Network, o estudo acompanhou 5000 pacientes durante vários anos e concluiu que as pessoas que deram 8.000 passos por dia tiveram 51% menos risco de morte do que aquelas que deram apenas 4.000 passos diários. Além disso, Além disso, a pesquisa descobriu um efeito cumulativo, já que aqueles que caminharam 12.000 passos ou mais tiveram um risco 65% reduzido de morte.

 

Os cientistas avisam que não há uma correlação entre a intensidade do passo e menor taxa de mortalidade, o que significa que nós não precisamos correr, tampouco caminhar rapidamente e a passos largos. Basta fazer as atividades do dia-a-dia a pé para sentir uma melhora na saúde física e mental.

vantagens de andar a pe 3

Atualmente, cerca de 60% da população mundial convive com alguma doença crônica, o que configura um caso de saúde pública. A comunidade médica, no entanto, confirma que a solução pode ser mais simples do que parece, pois muitas dessas doenças podem ser evitadas simplesmente caminhando – especialmente após o jantar ou qualquer refeição. Ainda segundo o estudo, pessoas que possuem diabetes tipo 2 e que caminham por apenas 20 minutos após as refeições viram uma diminuição do indice de glicose no sangue. Se ainda restam dúvidas, vá a pé!

vantagens de andar a pe 4

 

Fotos: Unsplash

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.