Saúde

Vacina inédita contra o HIV mostra eficácia em 97% dos voluntários

2021-04-07

author:

Vacina inédita contra o HIV mostra eficácia em 97% dos voluntários

O mundo está cada vez mais perto de erradicar o HIV – vírus da imunodeficiência humana. É o que mostra um estudo de fase 1 realizado pela Iniciativa Internacional pela Vacina da Aids (Iavi) e o Scripps Research Institute. Através desta parceria, encabeçada nos Estados Unidos, eles desenvolveram uma vacina inédita contra o HIV que mostrou eficácia em 97% dos voluntários.

vacina-contra-hiv-1

O imunizante produzido a partir desta parceria foi apontado por pesquisadores como um dos primeiros a superar um dos maiores desafios no desenvolvimento de compostos contra o vírus, que é estimular pelo organismo a produção dos chamados anticorpos amplamente neutralizantes – ou BNAbs. No entanto, foi exatamente isso o que aconteceu com a vacina, que estimulou a produção de anticorpos potentes contra o vírus em quase 100% dos humanos que realizaram os testes.

vacina-contra-hiv-2-417x420

Durante a primeira etapa, a pesquisa trabalhou com 48 adultos saudáveis, que receberam o imunizante. Em seguida, amostras sanguíneas mostraram que os 97% dos voluntários haviam produzido anticorpos contra o vírus. A inovação da pesquisa foi ativar com precisão os linfócitos B, células que estão por trás da secreção dos BNAbs, como explica William Schief, diretor executivo do Centro de Anticorpos Neutralizantes (NAC) da Iavi: “Os dados deste ensaio afirmam a capacidade do imunógeno da vacina de fazer isso”, explicou o imunologista.

vacina-contra-hiv-2

A estratégia proposta pelo grupo é chamada de direcionamento de linha germinativa, uma vez que consiste em direcionar a produção de células B virgens com propriedades específicas, capazes de atacar diferentes variações do HIV. O método também pode ajudar a comunidade científica a criar vacinas eficazes contra a dengue, zika, hepatite C e malária. O próximo passo é continuar os testes, desta vez, com mais voluntários.

vacina-contra-hiv-2

“Acreditamos que este tipo de engenharia de vacina pode ser aplicado de forma mais ampla, inaugurando uma nova era na vacinologia”, comemora Dennis Burton, presidente do Departamento de Imunologia e Microbiologia do Scripps Research Institute.

Foto 1: National Institutes of Health (NIH)
Foto 2: Joseph Jardine, Sergey Menis, e William Schief of Scripps Research/IAVI
Fotos 3 e 4: Unsplash

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube