Relações Humanas

Você pode estar sabotando seu relacionamento de 3 maneiras; saiba como parar

2021-10-01

Você pode estar sabotando seu relacionamento de 3 maneiras; saiba como parar

Posso te contar um segredo? O amor nunca morre de morte natural, mas sim porque não sabemos como mante-lo frente aos desafios. No entanto, não é tão simples quanto parece ser. Enquanto algumas pessoas simplesmente desistem de tentar, muitas vezes você mesmo pode estar sabotando seu relacionamento sem ao menos perceber. E como todo mundo sonha em viver um amor tranquilo e próspero, hoje falaremos sobre 3 maneiras que você pode estar sabotando seu relacionamento e como parar.

sabotar relacionamentos
Foto: Charlie Foster / Unsplash

1. Discutindo passionalmente

Uma relação de sucesso não pode ser vivida racionalmente, afinal de contas, estar com alguém não depende de uma lista de prós e contras, mas sim do simples fato de que é uma escolha do coração, amar é a mais pura energia. No entanto, em alguns momentos precisamos ativar nosso lado racional e não levar tudo a ferro e a fogo – e isso vale para as discussões. Acredite em mim: brigar calorosamente e depois fazer as pazes na cama não é saudável, mais do que isso: ao discutir passionalmente sem medir as consequências de suas palavras, você estará invariavelmente sabotando seu relacionamento.

Uma conversa difícil não precisa necessariamente ser ruim, é preciso validar as emoções do outro criando uma atmosfera de amor, cuidado e compreensão – e não de julgamento.

2. Considerando suas opinões como fatos

O problema de expressar opiniões como se fossem fatos, é que essa suposição costuma considerar que o outro sempre está errado. O resultado é que, ao fazer isso, você estará iniciando um jogo de gato e rato, no qual ambos tiram sua responsabilidade e culpam o outro. Compreenda que, por mais parecidos que vocês sejam, vocês possuem crenças e visões de mundo diferentes, o que significa que não tem uma pessoa certa e uma errada, apenas duas perspectivas diferentes.

Ao invés de considerar que suas opiniões são fatos imutáveis, esteja aberto a ouvir o outro lado com leveza, abertura e sem julgamentos. Quem julga costuma julgar errado!

3. Culpando o outro pelos seus próprios sentimentos

Quando você diz ao seu parceiro(a) coisas como: “Você me deixou com raiva” ou “Você é insensível”, você está afirmando que ele comanda suas próprias emoções. Uma pessoa madura precisa ser capaz de assumir a responsabilidade pelos seus próprios sentimentos – sejam eles positivos ou negativos, e mais: perceber que essas declarações dizem muito mais a respeito de você do que do outro.

Quando você estiver prestes a culpar seu parceiro por como você se sente, dê um passo para trás e questione-se: “Como eu reagiria se, em vez disso, assumisse a responsabilidade por meus sentimentos?” Você ainda pode reconhecer como as ações dele te afetaram, mas faça isso a partir de uma posição autocontrole e não de vitimismo.

Conclusão: seja claro em sua comunicação

Quando somos mais claros sobre o que estamos tentando comunicar e mais conscientes sobre como compartilhamos e ouvimos os sentimentos dos outros, podemos evitar as armadilhas do mal-entendido que podem sabotar nossos relacionamentos. Ao fazer isso, você terá muito mais tempo e energia para o que realmente deve fazer em uma relação saudável: dar e receber amor e ser feliz!

 

 

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.