Empatia

Voluntários doam mais de 800 refeições a caminhoneiros presos nas estradas devido ao fechamento das fronteiras

2020-12-28

author:

Voluntários doam mais de 800 refeições a caminhoneiros presos nas estradas devido ao fechamento das fronteiras

Com a segunda onda da pandemia do coronavírus chegando no mundo inteiro, a confirmação da mutação do vírus no Reino Unido fez o país fechar todas as suas fronteiras. Como resultado, milhares de pessoas ficaram presas, entre eles centenas de caminhoneiros que costumam atravessar a Europa para fazer entregas. Em pleno período festivo, sem poder voltar para casa, voluntários da comunidade Sikh prepararam mais de 800 refeições quentes e distribuíram aos caminhoneiros presos nas estradas.

refeicoes caminhoneiros presos 1

Tudo começou quando, na última semana, pesquisas confirmaram que uma mutação deixou o vírus até 70% mais contagioso no Reino Unido. Para evitar a propagação com o resto da Europa e, consequentemente, do mundo, as autoridades decidiram fechar todas as fronteiras, deixando centenas de caminhoneiros presos sem acesso a alimentos ou saneamento.

refeicoes caminhoneiros presos 2

Quando se deram conta da situação destas pessoas, voluntários se reuniram para preparar os pratos em curto prazo. Eles trabalharam com a instituição de caridade Sikh de ajuda humanitária Khalsa Aid, que depois de praparar as refeições, distribuiu as quentinhas em plena estrada. Localizados na fronteira com a França, enquanto isto as negociações continuam para uma possível reabertura da fronteira, já que mais de 1.000 caminhões permanecem presos em Kent.

refeicoes caminhoneiros presos 3

O Reino Unido é o país com a maior comunidade sikh fora da Índia, que conta com cerca de 750 mil pessoas. A religião abarca conceitos do hinduísmo, islamismo e sufismo. Histórias como esta nos mostram que não há diferença que seja mais importante do que a vida humana!

refeicoes presos 4

 

Fotos: kentonline.co.uk

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.